Elimine suas varizes com esta fácil receita do tempo da vovó

Por que muitas receitas excelentes usadas por nossas avós estão esquecidas?

Será por que não dão lucro a ninguém?

É uma hipótese…

O que você acha?

Agora, por exemplo, vamos ensinar uma dessas receitas. Não é bom ter pernas bonitas, sem vergonha de mostrar-las na rua ou na praia? Muito recorrem a cirurgias para eliminar as varizes, mas quem não tem como pagar uma cirurgia tem que se virar como pode rsrs…

Esta receita é ótima para melhorar a circulação nas pernas e combater varizes.

Antes de ensiná-la, é importante informar que as varizes são causadas por fatores diferentes.

Os principais são:

– Genética

– Envelhecimento

– Falta de exercício

– Alterações hormonais

– Restrições à circulação (como passar muito tempo sentado)

Felizmente, mais uma vez é possível contar com um excelente tratamento caseiro e natural.

Trata-se de uma receita para combater as varizes e reduzir os sintomas à base de babosa/aloe vera, cenoura e vinagre de maçã.

Ingredientes fáceis de achar e baratinhos, não é?

Vamos, então, ao passo a passo da receita para o fim das varizes ou pelo menos para diminui-las:

INGREDIENTES

  • 1/2 xícara de cenoura picada
  • 1/2 xícara de babosa
  • Um pouco de vinagre de maçã (de boa qualidade)


MODO DE PREPARO
Adicione as cenouras picadas a um copo de gel de babosa (descasque a planta e retire, com uma colher, o gel) e leve-os para bater no liquidificador.

Em seguida, adicione um pouco de vinagre de maçã até obter uma mistura homogênea, como um creme.

Quando estiver pronta, aplique a mistura sobre a área com varizes.

Coloque as pernas para cima por 30 minutos, depois lave com água fria.

Repita o procedimento diariamente.

Observação: fazer uma pequena caminhada todos os dias ajuda o corpo a melhorar a circulação sanguínea e reforça o tratamento.

Esta é uma dica sobre tratamentos caseiros. Ela não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *