Bolsonaro dispara em popularidade e vira favorito na corrida presidencial 2018

Com direito a muita festa dos seus admiradores, que levaram cartazes e bandeiras do Brasil e de Pernambuco, o oficial aposentado do exército e atual deputado federal Jair Bolsonaro (PP-SP) desembarcou no fim da tarde da última sexta-feira (5) no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife e foi ovacionado.

ODIADO POR ALGUNS AMADOS POR MUITOS

A recepção prova que Bolsonaro tornou-se favorito para vencer as próximas eleições para presidente. O povo não aguenta mais tanta corrupção e Bolsonaro é um grito contra os desmandos em Brasília, afirmam analistas políticos.

O parlamentar, que chegou ao som da música “Turn Down For What”, meme na internet, foi ovacionado por centenas de pessoas. Entre eles, um grupo de skinheads, membros da Associação dos Veteranos da Brigada de Infantaria Paraquedista de Pernambuco (AVBIP) e vários simpatizantes apoiaram-no com gritos como “Fora, Dilma” e “Viva o Golpe de 64”.
O deputado estadual Joel da Harpa (PROS) fez questão de ir até o aeroporto para recepcionar o parlamentar e afirmou que a figura de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados representa o sentimento de grande parte da população. “Em meio à liderança da esquerda, Bolsonaro surge representando e é importantíssima a sua presença no nosso Estado.
Afinal de contas, ele veio pra fortalecer e dar voz ao discurso de pessoas que tivessem coragem para ir de encontro e falar de modo independente”, disse Joel.
Diversos parlamentares estavam no mesmo avião que Bolsonaro e passaram pelo saguão de desembarque primeiro. Nomes como os senadores Fernando Bezerra Coelho (PSB), Jarbas Vasconcelos (PMDB), os deputados federais Carlos Eduardo Cadoca (PCdoB), Sílvio Costa (PSC), além do ex-prefeito do Recife, João Paulo (PT), que parecia bastante surpreso com a recepção, foram duramente hostilizados e criticados.
O único do grupo que foi imensamente aplaudido foi o deputado federal Daniel Coelho (PSDB), que parou para falar com algumas pessoas.
Quando o parlamentar desembarcou, o aeroporto foi tomado por gritos de “Ah, é ‘Bolsomito’”. 
O deputado Jair Bolsonaro (RJ) trocou o PP pelo Partido Social Cristão e já trabalha na sua pré-campanha ao Palácio do Planalto em 2018.
Seu primeiro objetivo é convencer o general Augusto Heleno Pereira, ex-comandante militar da Amazônia e primeiro chefe da missão brasileira no Haiti entre 2004 e 2004, a concorrer como vice na sua chapa.
heleno4
Com bandeiras conservadoras, o parlamentar organizou uma agenda para fazer palestras e participar de eventos políticos em vários estados.
Bolsonaro está de olho no mercado de votos que junta em torno das mesmas teses os cristãos evangélicos e os militares da reserva que serviram à ditadura militar (1964-1985). Seu principal lema na campanha será defender um choque de ordem para o Brasil.
Bolsonaro é um forte candidato a vencer as eleições no Brasil em 2018, no atual cenário político Brasileiro, e isso intimida muitos políticos tradicionais que se sentem donos do Brasil.
Para aquecer a campanha, Bolsonaro organizou uma viagem à Israel no início de maio. Foi com objetivo preciso:  conhecer o sistema de segurança daquele país, principalmente a área de inteligência e espionagem, a legislação que sistematiza o uso de armas pelos civis, a tecnologia da dessalinização da água do mar e os projetos de agricultura irrigada.
Aproveitando a viagem a Israel Bolsonaro se batizou nas aguas do Rio Jordão, uns dizem que ele se converteu a fé evangelica, outros dizem que foi apenas uma estratégia de mídia, mas que ele é aliado a bancada evangélica no congresso é fato.
Bolsonaro não tem ilusão de que chegará ao segundo turno. Mas sabe que pode ajudar a formar uma bancada de deputados e senadores ainda mais conservadora que as atuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *